domingo, 14 de dezembro de 2008

40 anos do AI-5

Ontem foi dia 13 de dezembro. Há exatos 40 anos foi decretado o hediondo Ato Institucional número 5, o chamado AI-5, que lançou a ditadura militar no seu período mais sangrento. A primeira página do Jornal do Brasil com o tradicional cabeçalho e logotipo do jornal, publicado no dia 14, tem um dado interessante:
Ao publicar a notícia dos atos que jogou o País na ditadura, no mêdo e na perseguição, o Jornal do Brasil manifestou a sua irresignação com o governo militar de uma forma tênue, quase imperceptível; vejam na previsão do tempo do jornal, na esquerda e no alto:

“Tempo negro. Temperatura sufocante. O ar está irrespirável. O país está sendo varrido por fortes ventos. Máxima: 38º, em Brasília. Mínima: 5º, nas Laranjeiras.”

Para bom entendedor um pingo é letra.

E, à direita do logotipo, apenas:


“Ontem foi o Dia do Cegos”.

2 comentários:

William Bayerl disse...

Salve Olinto,

boa noite!!!

Gostei muito do blog e, principalmente, desse post.

Muito interessante como os protestos contra a ditadura vinham de diversas formas né?

Algumas tão inteligentes, como essa ou como a letra de VAI PASSAR, do Chico.

Saudações,

William Bayerl

OLINTO disse...

Grato William,

Realmente a inteligência sempre prevaleceu diante da truculência, especialmente nos anos de chumbo. Grato pela visita e estou sempre te visitando também. Tudo de bom!