terça-feira, 4 de novembro de 2008

Trânsito

O Brasil está se tornando o País das justificativas. É mais fácil transferir responsabilidades, colocando nas costas dos outros o próprio dever.Um exemplo disso: o caótico trânsito brasileiro, que mata mais do que muitas guerras que eclodem no mundo. Sempre há uma desculpa: Os governantes culpam os motoristas bêbados e irresponsáveis, os motoristas culpam os governantes pelas estradas esburacadas, falta de sinalização e patrulhamento ineficaz. Todo mundo tá errado e todo mundo tá certo. Vai entender!!

Um comentário:

Zé Dudu disse...

A resposta está no artigo 5º da Constituição que vc bem lembrou no post abaixo. O problema dos bêbados nas ruas é de ordem social e é dever do Estado preservar a vida de todos, inclusive a deles.
Enquanto vivermos com o stress em alta,a um ponto de explodir de ódio pelas filas dos bancos, falta de dinheiro, violência e tantos outros problemas urbanos, o trânsito refletirá o sentimento que carregamos e consequentimente a violência dele (trânsito) aumentará.